1 – “Alguns redatores parecem ter um dom natural quando se trata de escrever posts para blogs. Eles conseguem concatenar ideias com clareza e de maneira objetiva, o que significa que os leitores podem facilmente entender e ler o que eles escrevem.”

2 – “Alguns redatores parecem ter nascido com o dom da escrita. Criam textos claros, objetivos e facilmente compreensíveis.”

Qual dos dois parágrafos você prefere? Provavelmente o segundo, não é mesmo? Isso acontece porque embora os dois digam a mesma coisa, o segundo é mais objetivo, direto e melhor editado.

Isso significa que a primeira versão do texto era tão confusa e prolixa quanto a de um texto ruim, mas houve uma boa edição que melhorou a compreensão do texto. Um conteúdo não está prosto simplesmente porque já está escrito. Muitas vezes, escrever é apenas o início do processo. Abaixo, separamos 7 dicas de edição para você que está começando a produzir conteúdos internamente. Pronto para começar?

1. Não encha seu texto de palavras desnecessárias

Existe um grupo de palavras e expressões chamadas expletivas, bastante utilizadas em textos para blogs. Essas palavras não exercem qualquer função sintática na frase e têm apenas valor estilístico e expressivo. Partículas expletivas são empregadas para produzir ênfase e realce. O problema começa quando palavras como “isto”, “aqui” não se referem a substantivos na sentença ou – ainda pior – a algo sem nome. O uso dessas expressões pode enfraquecer a sua escrita, deslocando a ênfase para longe dos verdadeiros obiênios de suas sentenças. Além disso, geralmente requerem outras palavras de apoio, como “quem”, “que”, e “quando”, diluindo ainda mais a objetividade do texto.

Vejamos um exemplo:

“Existem alguns redatores que parecem ter…”

O verbo haver, nneste caso, tira o foco da sentença dos redatores e o coloca em “algum lugar nebuloso”. Além disso, a sentença fica maior. Observe ester casos e evite que permaneçam no texto. Abaixo, separamos outros exampus seguidos de uma alternativa mais interessante:

  • É divertido editar – Editar é divertido
  • Leva tempo para escrever – Escrever leva tempo
  • Há muitas pessoas que escrevem – Muitas pessoas escrevem
  • Aqui estão algumas coisas a considerar: – Algumas coisas a considerar:

2. Não utilize verbos “fracos”

Alguns verbos podem enfraquecer o sentido que o escritor quer dar ao texto. A solução é substituí-los por alternativas mais enfáticas. Veja abaixo:

  • Ela está escrevendo – Ela escreve
  • As pessoas são apaixonadas por ele – As pessoas gostam dele
  • Ele está consciente de que as pessoas o amam – Ele sabe que as pessoas o amam
  • Ele foi ao México – Ele viajou para o México

3. Evite adjetivos “fracos”

Use adjetivos específicos ao descrever substantivos e pronomes. E esteja consciente de que certas palavras, como “realmente” e “muito”, geralmente precedem os adjetivos fracos.

  • Muito ruim – Terrível
  • Realmente bom – Ótimo
  • Muito grande – Enorme
  • Muito bonito – Lindo

4. Evite coloquialismos e frases prolixas

As pessoas não tem mais paciência para textos prolixos, ainda mais na internet. É melhor ir direto ao ponto.

  • Mas o fato da questão é – Mas
  • A edição é absolutamente essencial – Editar é essencial (absolutamente é redundante)
  • Você vai ter que editar o seu trabalho – Você deve editar o seu trabalho
  • Devido ao fato de que – Porque

5. Evite substantivação

A substantivação ocorre quando usamos um substantivo fraco equivalente a um verbo ou substantivo fortes.

  • O álcool é a causa de ressacas – O álcool causa ressacas (verbo)
  • Ele mostra sinais de descuido – Ele é descuidado (forma adjetiva)
  • Ela tem um alto nível de intensidade – Ela é intensa (forma adjetiva)

6. Utilize vírgulas com moderação

As regras referentes à pontuação podem ser complicadas, mesmo para o uso da vírgula. Por isso, deixe um pouco a gramática de lado e utilize vírgulas com moderação, pensando no leitor. Se excluir uma vírgula deixa a leitura mais fluida, o faça. Caso a exclusão de uma vírgula provoque ambiguidade na sentença, deixe-a lá.

Vejamos um exemplo:

  • Você pode ignorar a edição e as pessoas que leem o seu post podem não perceber, mas suas vão se perder.

Por não incluir uma vírgula entre “edição” e “e”, o leitor pode interpretar, em um primeiro momento, que podem ignorar a edição e as pessoas lendo o post. É claro que depois de terminada a frase o sentido correto vem a tona, mas nesse momento o leitor pode ter abandonado seu texto.

7. Use substantivos modificadores sempre que puder

Você não vai usar essa técnica muitas vezes, mas é melhor saber que existe. Quando usamos dois substantivos em conjunto, eles costumam encurtar as sentenças.

Acompanhe alguns exemplos:

  • Dicas sobre edição – Dicas de edição
  • Conselhos sobre como aumentar o tráfego – Conselhos de aumento de tráfego
  • Informações sobre inscrição – Informações de registro

Essas dicas não são mágicas nem muito complicadas, mas podem levar seus leitores a permanecerem mais tempo no  blog e a valorizarem mais os seus conteúdos. Lembre-se de que um texto recém escrito nunca está bom o bastante e por isso precisa de edição e revisão. Afinal, “escrever é a arte de cortar palavras”.

Quer saber mais sobre produção de conteúdos? Acesse o artigo “3 dicas simples para criar conteúdos incríveis”.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.